jusbrasil.com.br
6 de Abril de 2020
    Adicione tópicos

    TJSP instala a 5ª Vara Cível no Tatuapé

    Academia Brasileira de Direito
    há 12 anos

    O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo inaugurou nesta quarta-feira, 4/6, a 5ª Vara Cível do Fórum Regional XIII, Tatuapé.

    A solenidade contou com a presença do vice-presidente do TJSP, desembargador Jarbas João Coimbra Mazzoni, que representou o presidente, desembargador Roberto Antonio Vallim Bellocchi.

    No saguão do Fórum, cerca de cem pessoas acompanharam o evento, entre magistrados, membros do Ministério Público, Defensoria Pública, serventuários da Justiça, jornalistas e público em geral.

    O desembargador Jarbas Mazzoni disse, em seu discurso, que “o Tribunal tudo tem feito para o aprimoramento da Justiça e vem procurando melhorar condignamente as unidades jurisdicionais.”

    A juíza titular da nova Vara, Lucila Toledo Pedroso de Barros Menezes Gomes, ressaltou seu idealismo. ”Acredito que um dia, todo homem terá absoluta consciência do caráter sagrado do dever inerente a seu trabalho. E por causa dessa consciência mais alta – e não por causa da pressão exercida por algum controle externo - todo homem exercerá esse dever com o mais absoluto escrúpulo.” A magistrada acrescentou ainda que “temos que fazer brilhar em cada idealista a mesma chama, que garanta um trabalho limpo, claro, eficiente e digno.”

    Fez uso da palavra também o presidente da 101ª Subsecção da OABSP, Março Antonio Matheus, que manifestou satisfação na instalação da nova Vara Cível e desejou sucesso à juíza Lucila.

    Desta maneira, o Fórum do Tatuapé passa a contar com cinco varas Cíveis,três da Família e das Sucessões, uma Criminal, uma da Infância e Juventude e uma vara do Juizado Especial Cível.

    Cerca de 500 funcionários trabalham no local, por onde circulam diariamente mais de mil pessoas. Estão em andamento no Fórum do Tatuapé, aproximadamente 54 mil processos, sendo 28 mil só das varas Cíveis. Só no mês de abril deram entrada no Fórum 2.249 novos processos.

    O juiz diretor do Fórum é José Poltronieri de Andrade, responsável também pelos trabalhos da 2ª Vara Cível.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)